terça-feira, 25 de julho de 2017



Somente entre janeiro e maio deste ano, 782.244 tentativas de fraude foram registradas no Brasil — uma a cada 16,8 segundos. A informação foi divulgada nesta terça-feira (25), pelo Serasa Experian. De acordo com o levantamento, o maior alvo foi o segmento de telefonia, com 38,6% dos casos.

Ainda segundo o Serasa, os dados dos consumidores são usados indevidamente para a abertura de contas ou para a compra de celulares. Esse tipo de golpe é classificado como "porta de entrada" para fraudes que envolvem maiores valores. Os criminosos compram aparelhos interessados no comprovante de residência. Com ele, podem abrir contas em bancos e ter acesso a talões de cheque, cartões de crédito, ou até empréstimos.

Comentários da Notícia: