segunda-feira, 3 de julho de 2017




O presidente Michel Temer, afirmou nesta segunda-feira (3), durante entrevista à Rádio Bandnews, que tem “quase certeza" que conseguirá barrar a denúncia contra ele na Câmara dos Deputados. Ele foi denunciado pela Procuradoria Geral da República ao Supremo Tribunal Federal por corrupção passiva.

Para que a denúncia contra Temer tenha tramitação no Supremo, o plenário da Câmara tem que autorizar o seguimento do processo. São necessários votos de pelo menos três quintos (342) dos 513 deputados, de acordo com informações do portal G1.

“Eu tenho a esperança no sentido de quase certeza – digamos assim, absoluta – de que nós vamos ter sucesso na Câmara dos Deputados”, afirmou Temer.
Após parecer da Comissão de Constitutição e Justiça, a denúncia seguirá para o plenário da Câmara. "Estarei muito obediente àquilo a Câmara decidir. Mas dou um dado interessante. Há cerca de 363 indecisos. Você sabe que os indecisos são aqueles que vão dar o seu voto no último momento. Os que são contra dizem logo que são contra", concluiu. (Metro1)

Comentários da Notícia: