quinta-feira, 3 de agosto de 2017




A denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente Michel Temer por corrupção passiva foi rejeitada em votação nesta quarta-feira (2) na Câmara dos Deputados. A expectativa dos parlamentares já era de que o peemedebista conseguisse a vitória, mas outros recursos contra Temer por parte do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ainda são esperados.

Os deputados baianos votaram em peso contra a denúncia. Ao todo 21 parlamentares da Bahia se manifestaram contrariamente ao arquivamento do processo contra o peemedebista, enquanto 17 foram favoráveis. Apenas uma ausência foi marcada.

Ainda não há previsão de quando as novas denúncias serão apresentadas. A expectativa é de que pelo menos a acusação por obstrução de Justiça seja apresentada até 17 de setembro, quando termina o mandato de Janot. Nesse caso, Temer é investigado pela suspeita de incentivar o empresário Joesley Batista, da JBS, a manter pagamentos ao ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) em troca de seu silêncio.

As últimas semanas foram de muitas conversas do peemedebista com aliados para garantir a rejeição da denúncia na Câmara, e Temer deve fazer um pronunciamento ainda nesta quarta para falar sobre sua vitória. (Metro1)

Comentários da Notícia: