sábado, 19 de agosto de 2017



Quase 90% da população brasileira é contra o financiamento público para a campanha eleitoral. De acordo com o Instituto Internacional pela Democracia e Assistência Eleitoral (Idea), 118 países contam com algum tipo de financiamento público para apoiar partidos ou campanhas eleitorais. No Brasil, o fundo partidário e parte da propaganda eleitoral na TV e no rádio já são custeadas por recursos públicos. No entanto, a reforma política, que está sendo discutida pela Câmara dos Deputados, prevê a criação de um fundo destinado para campanhas eleitorais que pode custar cerca de R$ 3,6 bilhões em 2018. De acordo com pesquisa realizada pelo Paraná Pesquisas, 87,4% da população é contra o financiamento, 8,9% é a favor e 3,7% não sabe ou não opinou sobre a questão. A pesquisa conta com a amostra de 2.802 brasileiros e foi realiza a partir de um questionário disponibilizado online entre os dias 15 e 17 de agosto. O grau de confiança é de 95% e a margem de erro estimada é de 2%. Regionalmente, no Sudeste foram realizadas 1.205 entrevistas, na Região Nordeste foram 757 entrevistas, Região Norte + Centro-Oeste foram respondidas 422 formulários e na Região Sul, foram feitas 418 entrevistas.

Comentários da Notícia: