sábado, 19 de agosto de 2017



Com discurso ácido contra o governo Michel Temer, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva mirou a reforma da Previdência ao falar para militantes, trabalhadores da agricultura familiar e sindicalistas na cidade de Feira de Santana neste sábado (19). O ato encerrou sua passagem pela Bahia na caravana que faz pelo Nordeste.

O petista lembrou que a Previdência Social apresentou superávit em seu governo e disse não entender o argumento do governo atual que propõe a reforma por conta do déficit existente. "Na medida em que a economia cresce, você gera renda, Previdência arrecada mais e não fica deficitária. Agora, na hora que eles não sabem governar, a economia não cresce, arrecadação não cresce. Eles não tem noção de que numa cidade pequena no interior da Bahia às vezes é uma aposentadoria que sustenta a mulher, os filhos e os netos", exemplificou.

"Eles tem que saber que a aposentadoria não é investimento. É um pagamento da dívida que a nação tem com o povo que produziu e trabalhou a vida inteira nesse país", disse Lula. "Se tem uma coisa que eles sabem é que a gente pode consertar esse país", avisou o petista. (Bocão News)

Comentários da Notícia: