sexta-feira, 18 de agosto de 2017




A polícia da Espanha deteve nesta sexta-feira (18) em Ripoll, na província catalã de Girona, um terceiro indivíduo por suspeita de ter vínculos com os atentados terroristas ocorridos em Barcelona e Cambrils. A identidade do terceiro suspeito detido não foi revelada.

O número de mortos chegou a 14, após o atropelamento na região de Rambla. Vítimas de ao menos 18 nacionalidades foram atingidas por uma van conduzida pelos terroristas. Ao menos quinze pessoas estão em estado grave. O Estado Islâmico reivindicou o ataque.

Menos de 10 horas após o ataque em Barcelona, no início da madrugada desta sexta-feira (18), no horário da Espanha, um Audi A3 ultrapassou um bloqueio policial e atropelou pedestres, em Cambrils, cidade a 117 km de Barcelona. Sete pessoas ficaram feridas – um policial e seis civis. A polícia catalã matou os cinco suspeitos que estavam no carro.(M1)

Comentários da Notícia: