sábado, 5 de agosto de 2017




Sessenta e duas pessoas morreram nas estradas que cortam a Bahia durante o mês de julho. Os números foram divulgados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) nesta sexta-feira, 4. O período, entre os dias 10 até 31, é considerado o mais violento dos últimos cinco anos no estado, contrariando a tendência de redução iniciada desde 2013.

A colisão frontal foi o tipo de acidente que mais contribuiu: 36 com 24 mortos. Este ano, houve um aumento expressivo, de 8 para 18 mortos em relação ao último ano. A BR-116, por ser a maior rodovia brasileira, teve o maior índice de mortes registrados no período. (ATarde)

Comentários da Notícia: