quinta-feira, 24 de agosto de 2017



O Tribunal Regional Eleitoral  da Bahia julgou como procedente a ação judicial contra o ex-prefeito de Amargosa Valmir Almeida Sampaio (PT),  movida no ano de 2012 por Karina Silva (PSB) e César Mercês (PPS), através da coligação "Amargosa Pode Muito Mais". A sentença foi divulgada no dia 14 de agosto e é uma decisão da 2ª instância.

Segundo informações, a ação é referente a práticas ilegais realizadas pelo ex-prefeito Valmir Sampaio durante a campanha eleitoral de 2012, como divulgação de propaganda institucional, a qual pode ter favorecido o então candidato a prefeito, Júlio Pinheiro. A decisão do Juiz Relator, Drº Paulo Rodolfo Lyrio Pimenta, decreta a inelegibilidade de Valmir Almeida Sampaio no período de oito(8) anos.

Nossa reportagem entrou em contato com o ex-prefeito Valmir, que nos informou: " Eu ainda não fui notificado e sei que cabe recurso o que já está sendo providenciado" informou.

Da Redação.


Comentários da Notícia: