segunda-feira, 14 de agosto de 2017




Em exatos seis dias, no próximo domingo (6), aqueles que se candidataram ao certame do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) realizarão as provas objetivas e discursivas do concurso. Apesar do número de inscritos ainda não ter sido divulgado pela banca organizadora, o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), a concorrência deve ser grande. Afinal, se trata de um concurso federal com remuneração de até R$ 10 mil e 41 vagas.

Se alguns especialistas indicam aos concurseiros que a semana anterior deve ser para diminuir o ritmo, Edmundo Garcia, professor de Direito Administrativo, segue o oposto. “Na reta final, eu oriento a revisar, resolver questões de provas anteriores de forma intensiva e participar de aulões”, aconselha. Por outro lado, nos dois últimos dias anteriores à prova, o professor dá uma brecha e sugere que o aluno desacelere para diminuir a tensão. “Vejo alunos preparados no conteúdo, mas nervosos. É preciso preparar o emocional, se distrair, fazer algo que goste, mas sem badalações”. (Correio)

Comentários da Notícia: