sábado, 2 de setembro de 2017




Muitos artistas se revoltaram na internet depois que o juiz José Eugênio do Amaral Souza Neto, do Tribunal de Justiça de São Paulo, liberou Diego Ferreira de Novaes, acusado de assédio por ejacular no ombro de um mulher dentro do ônibus, na Avenida Paulista, na última terça-feira (29) em São Paulo, sem devida autorização.

Para a cantora Ivete Sangalo, o "constrangimento existe e continua nos incomodando, pois além de se tratar de uma situação absurda, temos que nos deparar com tal decisão. Duplamente constrangidos", escreveu ela em uma publicação no Instagram, nesta sexta-feira (01). O ator e apresentador Rodrigo Hilbert também protestou. "E se fosse com alguém da sua família senhor José Eugênio do Amaral Souza Neto, o que seria?", disse.

Outro que falou sobre o assunto foi o apresentador Felipe Andreoli. "Eu como um cidadão e homem educado pela minha mãe tenho vergonha das decisões medievais da nossa justiça. Desde o STF, que nos envergonha dia e noite, passando por esses juizes que conseguem nos surpreender ao liberar um sujeito com mais de 10 acusações sexuais. Um cara desse sequer andou de ônibus. Não tem respeito pelas mulheres. E consequentemente, pela sociedade. O tempo das cavernas já se foi. Mas tem gente que insiste em fechar os olhos.", escreveu o jornalista. (Metro1)

Comentários da Notícia: