segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Um homem e uma mulher foram presos em Krasnodar, na Rússia, suspeitos cometerem canibalismo contra 30 pessoas que teriam assassinado. Em uma busca na casa do casal, os policiais descobriram sete pacotes congelados com restos de corpos humanos, além de alguns fragmentos de pele. A dupla confessou que guardava as vítimas na geladeira para, depois, serem consumidas. 

Dos 30 corpos encontrados, somente sete foram identificados pelas autoridades. Segundo a polícia, o casal teria começado as práticas de canibalismo em 1999. 

O homem, Dmitry Baksheev, de 35 anos, foi detido em setembro, depois que foram achados restos mortais de uma mulher em um dormitório militar onde o casal vivia. No mesmo local, também foi encontrada uma bolsa que pertencia à vítima, além de fotos do suspeito posando com partes de um corpo. O casal, inicialmente, negou qualquer acusação de assassinato, mas, depois, confessou ter matado apenas duas pessoas. (Fonte - Isto é)

Comentários da Notícia: