quarta-feira, 13 de setembro de 2017




O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticou as declarações do ex-ministro Antonio Palocci durante depoimento ao juiz federal Sergio Moro nesta quarta-feira (13), na Justiça Federal, em Curitiba-PR. O petista rebateu as declarações de que teria avalizado um "pacto de sangue" com a Odebrecht, com o pagamento de R$ 300 milhões em vantagens indevidas em troca de manter o protagonismo da empreiteira no governo.

"Se ele [Palocci] fosse um objeto, seria um simulador", afirmou. Ainda durante o depoimento, Lula reiterou que pretendia responder os questionamentos da acusação. "Apesar de entender que o processo é ilegítimo, é injusto, eu pretendo falar", disse o ex-presidente. O petista afirma ainda que "talvez seja a pessoa que mais queira a verdade desse processo". (Metro1)

Comentários da Notícia: