quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Uma mãe de 21 anos pode ter atirado uma criança de três anos de uma ponte em São Desidério, região da Bacia do Rio Grande. O caso ocorreu na manhã desta terça-feira (26) e de acordo com Carlos Ferro, titular da delegacia local, Genilza dos Santos é suspeita de ter jogado a criança da ponte e se atirado lodo depois. As duas foram socorridas por funcionários de um lava jato próximo ao local, que ouviram o barulho da queda e ligaram para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Com diversas fraturas, elas foram encaminhadas ao Hospital do Oeste, em Barreiras. "Estamos apurando os fatos e realizando o inquérito. Uma guia para exame de sanidade mental será emitida para que o perito conclua ou não se a mãe tem alguma patologia", disse o delegado. Familiares e testemunhas estão sendo ouvidas e Genilza prestará depoimento assim que liberada. É possível, de acordo com Carlos, que a jovem tenha algum transtorno psicológico, mas ainda não se sabe a motivação do ato. (Bahia Notícias)

Comentários da Notícia: