quinta-feira, 14 de setembro de 2017




A polícia concluiu o inquérito que investigou a morte da cantora Eliza Clívia, 37 anos, ex-vocalista dos Cavaleiros do Forró, e do marido dela, o baterista Sérgio Ramos. Os dois morreram em um acidente no dia 16 de junho deste ano em Aracaju e o caso estava sob cuidados da Delegacia de Delitos de Trânsito.

A delegada Daniela Lima concluiu que a responsabilidade do acidente foi de Clebton José dos Santos, motorista do carro da cantora, que não teria prestado atenção à sinalização da via. Foram usados na investigação depoimentos de sobreviventes e testemunhas, laudo pericial e análise de imagens e do veículo.

"Podemos concluir com toda a tranquilidade, após exaurir todas as possiblidades de produção de provas através de depoimentos e provas técnicas, que a causa do acidente foi provocada pela entrada do veículo Pálio da via. E concluímos pelo indiciamento do senhor Clebton por homicídio culposo de trânsito e por lesão corporal culposa de trânsito”, diz a delegada ao G1 SE.

Comentários da Notícia: