quinta-feira, 28 de setembro de 2017




O primeiro semestre de 2017 teve um aumento de 16% em número de doadores de órgãos no Brasil se comparado aos seis meses iniciais dos anos anteriores, com 1.662 doadores. Considerando o intervalo entre 2010 e 2017, esse percentual aumentou 75%.

O Ministério da Saúde tem a expectativa de que, até o fim deste ano, sejam contabilizados 3.324 doadores, o que poderá fazer com que o Brasil ultrapasse a meta de 16 doadores para cada grupo de milhão prevista para 2017.

Para conseguir chegar a meta, o país ainda precisa informar e sensibilizar as famílias para que elas autorizem a realização de transplantes. Hoje, 43% ainda recusam a doação no Brasil, enquanto a medida mundial é de 25%, segundo a coordenadora do Sistema Nacional de Transplantes, Rosana Reis. (Metro1)

Comentários da Notícia: