segunda-feira, 11 de setembro de 2017


O Ministério Público Federal no Distrito Federal apresentou a denúncia por corrupção passiva contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva oferecida dentro da Operação Zelotes. Segundo as investigações, Lula editou uma medida provisória para favorecer o setor automotivo em troca de recebimento de propina.

Além do ex-presidente Lula, também foi denunciado o então chefe de gabinete do petista, Gilberto Carvalho.

Participantes do esquema, segundo aponta a Operação Zelotes, prometeram R$ 6 milhões para Lula e Carvalho, quantia que seria destinada a campanhas eleitorais do Partido dos Trabalhadores. (Metro1)

Comentários da Notícia: