terça-feira, 19 de setembro de 2017



Foi realizada no dia de hoje 19/09/2017, operação conjunta entre as Polícias Civil de Amargosa, CIPE Central e 99ª CIPM, visando dar cumprimento a mandado de prisão preventiva e busca domiciliar de autores de homicídio e de assaltos ocorridos recentemente na Cidade.

O principal alvo da operação, a pessoa de André de Jesus Lima, é autor de pelo menos dois homicídios ocorridos este ano em Amargosa. O primeiro deles teve como vítima Fernando Silva Santos, em data de 11 de abril de 2017, no Loteamento Cidade Jardim, bairro da Katiara, nesta Cidade, quando a vítima foi atingida por 06 (seis) disparos de arma de fogo a queima roupa, que acertaram a cabeça, peito e braço.

Poucos dias após, em 19 de abril de 2017, André voltou a agir, desta feita assassinou Nelson Santos de Oliveira, mais conhecido por “Xoxo”, fato ocorrido na Av. São Cristóvão, bairro da Katiara, nesta Cidade. Nesta ação, André também desferiu vários disparos de arma de fogo na companheira de “Xoxo”, de nome Jocilene Santos Vaz Sampaio, que foi atingida na cabeça, mas conseguiu sobreviver.

De acordo com as investigações, André de Jesus Lima é integrante da Facção Criminosa denominada “Facção Família” e autor de diversos assaltos a mão armada, muitos deles ocorridos recentemente em Amargosa.

Durante a operação, ao tentar cumprir o mandado de prisão em desfavor de André de Jesus Lima, as equipes policiais se dirigiram a residência onde o mesmo estava homiziado, momento em que o acusado se evadiu, quando então os policiais realizaram um cerco no perímetro. André invadiu várias residências, sendo perseguido pelos policiais, quando então deflagrou alguns disparos de arma de fogo contra a composição, que revidou a injusta agressão, ocorrendo o confronto. Cessado os disparos, a equipe policial se aproximou do local, percebendo que o acusado foi atingido, mas ainda estava com vida, momento em que foi dado imediato socorro ao Hospital local, onde o mesmo já chegou sem sinais vitais.

Com o resistente os policiais apreenderam 01 (um) revólver calibre .38, sem numeração, com 05 cartuchos, sendo 03 deflagrados, 01 picotado e 01 intacto, 01 pedra grande de crack, pesando 225 gramas, 12 pedras de crack prontas para venda, 05 trouxas de “maconha” prontas para comercialização e a importância de R$ 1.550,00. (Fonte: Polícia Civil)

Comentários da Notícia: