segunda-feira, 30 de outubro de 2017




Não foi dessa vez. O Bahia não conseguiu voltar a vencer fora de casa, mas, no fim das contas, ficou de bom tamanho para o tricolor o empate em 1x1, neste domingo (29), com o Fluminense, no Maracanã. O gol marcado logo com 2 minutos de bola rolando fez parecer que o jejum de mais de três meses sem vencer fora de casa acabaria, mas o jogo ainda reservou tom dramático nos minutos finais quando o Matheus Sales foi expulso e o time precisou segurar o resultado com um a menos em campo.

A última vez que Esquadrão comemorou longe de Salvador foi no dia 19 de julho, quando venceu o Atlético-MG por 2x0, no estádio Independência. Com o técnico Paulo Cézar Carpegiani, já tinha empatado com o Palmeiras (2x2) e perdido para o Flamengo (4x1).

A torcida tricolor não precisou esperar pra comemorar no Maracanã. Logo aos dois minutos do primeiro tempo, Zé Rafael fez bela jogada, deixou a defesa do Fluminense pra trás, arrancou e tocou limpa para Edigar Junio. Com frieza, o atacante mandou para o fundo da rede e chamou os companheiros pra comemorar: 1x0. Esse foi o sexto gol de Edigar Junio no Brasileirão. Ele e Mendoza dividem a artilharia do time no campeonato.

Propondo o jogo, o Bahia voltou a assustar quando Eduardo lançou a redonda para a área e Edigar Junio, de cabeça, mandou pra fora. Os donos da casa tentaram reagir com Gustavo Scarpa, mas ele arriscou de muito longe e o goleiro Jean defendeu sem dificuldade. Aos 31 minutos o capitão do Fluminense voltou a investir e dessa vez teve sucesso. Marlon mandou a bola para a área, Juninho e Lucas Fonseca falharam e a bola sobrou livre pra Scarpa deixar tudo igual no placar: 1x1.

O Fluminense cresceu após o gol e colocou Jean para trabalhar. Marlon cruzou e Henrique Dourado mandou forte de cabeça, mas o goleiro tricolor fez bela defesa e impediu a virada dos donos da casa. Na sequência, Jean salvou outra vez, quando a equipe carioca armou contra-ataque e Gustavo Scarpa mandou de fora da área.

O segundo tempo começou como o primeiro terminou, com o goleiro Jean roubando a cena no Maracanã. Sornoza cobrou falta caprichada, mas Jean saltou pra defender. Logo depois foi a vez do Bahia assustar. Matheus Sales chegou bem pela direita e bateu cruzado pra fora. Hernane chegou atrasado e lamentou ao ver a bola passar na frente do gol.

O Fluminense também teve a chance de marcar, quando Wellington Silva arrancou e chutou da intermediária, mas a redonda subiu mais do que deveria e foi pra fora.

Aos 40 minutos da etapa final, o Bahia passou a ter ainda mais dificuldade para manter o resultado, pois teve que jogar com um atleta a menos depois que Matheus Sales fez falta dura e desnecessária em Marlon e foi expulso de campo. (iBahia)

Comentários da Notícia: