segunda-feira, 16 de outubro de 2017




A sessão de plenário que estava marcada para ocorrer na Câmara dos Deputados, em Brasília, na tarde desta segunda-feira (16), não pode ser realizada devido a baixa presença dos parlamentares. Esse cancelamento pode atrasar a análise da denúncia contra o presidente Michel Temer na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), agendada para esta terça-feira (17), às 10h. No entanto, para essa etapa se inicie, o colegiado precisa aguardar um prazo de duas sessões de plenário referente a um pedido de vista que deu mais tempo para os deputados analisarem o relatório.

Na última terça-feira (10), o relator Bonifácio de Andrada (PSDB) recomendou que a Câmara rejeite as acusações da Procuradoria Geral da República (PGR) contra o presidente e os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral). Após a recomendação do relator houve o pedido de vista. (Metro1)

Comentários da Notícia: