segunda-feira, 30 de outubro de 2017



O número de mortes violentas intencionais ocorridas no Brasil em 2016 foi de 61.619, o mais alto da história, equivalente a uma média de 171 pessoas assassinadas por dia e sete por hora. Os dados compõem o anuário do Fórum Brasileiro de Segurança Pública divulgado nesta segunda-feira (30). A quantidade é comparável às mortes provocadas pela explosão da bomba atômica em Nagasaki, em 1945. A média nacional ficou em 29,9 casos por 100 mil habitantes. Entre os estados, lideram Sergipe (64), Rio Grande do Norte (56,9) e Alagoas (55,9). A Bahia também está acima da média nacional, com 46,5 mortes por grupo de 100 mil habitantes, e lidera em números absolutos: foram 7.110 mortes violentas intencionais, 12,8% a mais que em 2015, quando foram registrados 6.273 casos, com o estado ainda em primeiro. No ranking dos estados, a Bahia é seguida pelo Rio de Janeiro (6.292) e por São Paulo (4.925) – a posição dos dois últimos era invertida, estando São Paulo em segundo (5.196) e o Rio em terceiro (5.010). Entre os dez estados com maior número de mortes violentas está ainda Pernambuco (4.479), Minas Gerais (4.348), Pará (4.209), Ceará (3.566), Rio Grande do Sul (3.518), Goiás (2.934), Paraná (2.919).

Comentários da Notícia: