terça-feira, 24 de outubro de 2017




O governador Rui Costa (PT) garantiu nesta segunda-feira (23), durante discurso no encontro do Partido Progressista (PP), em Salvador, que as obras feitas pelo Governo do Estado na Bahia vão continuar, mesmo sem os recursos provenientes do governo federal. Caso seja necessário, a gestão estadual vai mobilizar recursos diretamente do orçamento estadual.

"Aqui na frente, vocês vêem uma obra de 42 km de metrô que está sendo paga com recursos do Governo do Estado. As construções estão prontas, o orçamento existe e o valor está empenhado no Ministério das Cidades e eles não pagam. Estamos pagando com recursos do Governo do Estado", disse o governador, durante o evento realizado na sede da União das Prefeituras da Bahia (UPB), no Centro Administrativo da Bahia (CAB). "Saí de uma reunião sobre a seca e a crise hídrica na Bahia, estamos concluindo a barragem do Rio Colônia que, aos trancos e barrancos, com sucessivos atrasos e um terço de verba do governo federal, tive que fazer o pagamento em vários momentos e denunciar várias vezes, que ela voltou a ser paga. Nos próximos meses iremos inaugurar essa obra", declarou.

Rui também falou sobre a obra da barragem de Baraúnas, que está sendo construída em Seabra. De acordo com o governador, uma determinação expressa dele garantiu o andamento da intervenção. "De novo, com a obra em andamento, ela não está sendo paga. Já determinei que a obra não vai parar. Se necessário for, nós vamos continuar pagando com recursos do Estado para a obra não parar", disse o governador.

Ele também falou sobre a obra no Aeroporto de Vitória da Conquista e anunciou que o novo terminal será inaugurado no primeiro semestre do ano que vem. "A pista está pronta, o terminal está edificado e com os pilares colocados. Estamos pagando e eu já disse para a empresa: pode concluir que eu pago com recursos do Governo da Bahia, mas Conquista vai ter um aeroporto no primeiro semestre do ano que vem", finalizou. (Metro1)

Comentários da Notícia: