• Bahia vence o Santos e sonha com vaga na libertadores

    Repórter: AmargosaNews.com
    Publicado: quinta-feira, 16 de novembro de 2017
    A- A+
    O sonho da vaga na Libertadores está cada vez vivo para o Bahia. Em um grande final de campeonato, o Tricolor venceu mais uma partida na Série A, desta vez sobre o Santos, por 3 a 1, na Arena Fonte Nova.

    Mendoza e Edigar Junio marcaram e fizeram a festa dos cerca de 23 mil torcedores que compareceram ao estádio. Alison, contra, ainda completou para o time baiano. Bruno Henrique descontou para o Peixe.

    Com o resultado, o Esquadrão colou de vez no G-7. Com 49 pontos ganhos, na nona colocação, o time baiano ficou a apenas um ponto do Flamengo, sétimo colocado com 50.

    E o Bahia já terá a chance de entrar no grupo dos sete primeiros colocados no próximo domingo (19), quando enfrenta o Sport, fora de casa.

    O JOGO

    O Santos abriu o placar aos 16 minutos de jogo. David Braz cruzou bola da direita e achou Bruno Henrique livre para mandar na rede.

    Mas, o Bahia empatou aos 21. Zé Rafael foi derrubado na área e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Mendoza deslocou Vanderlei para deixar tudo igual.

    Já no segundo tempo, o Tricolor chegou à virada. Aos nove minutos, Zé Rafael tentou cruzamento para Mendoza, mas Alison apareceu para cortar e marcar contra.

    Aos 33, o Esquadrão ainda aumentou. Edigar Junio recebeu bola na área, foi derrubado e o árbitro marcou mais um pênalti. O próprio atacante foi para a cobrança e deslocou Vanderlei para fazer o terceiro.

    Bahia 3 x 1 Santos
    Brasileirão Série A – 35ª rodada

    Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
    Data/Horário: 16/11/2017, às 20h (Horário da Bahia)
    Árbitro: Sandro Meira Ricci (FIFA-SC). Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho e Marcelo Carvalho Van Gasse (SC). Assistentes adicionais: Rodrigo D'Alonso Ferreira e Eduardo Cordeiro Guimarães (SC)
    Cartões amarelos: Tiago, Renê Junior, Éder (BAH); Lucas Lima, Jean Mota (SAN)
    Gols: Bruno Henrique (SAN); Mendoza, Alison-contra, Edigar Junio (BAH)

    Bahia
    Jean; Eduardo (Éder), Tiago, Thiago Martins e Juninho Capixaba; Renê Júnior; Allione (Régis), Juninho (Edson), Zé Rafael e Mendoza; Edigar Junio. Técnico: Paulo Cézar Carpegiani.

    Santos
    Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz (Luiz Felipe) e Jean Mota; Alison, Renato (Yuri Alberto) e Lucas Lima; Bruno Henrique, Arthur Gomes (Hernández) e Ricardo Oliveira. Técnico: Elano.
  • Comentários