terça-feira, 7 de novembro de 2017





Três prefeitos estão na mira da Polícia Federal na manhã desta terça-feira (7) na Bahia. No início da manhã, uma operação contra fraudes em contratos foi deflagrada em Porto Seguro, Eunápolis e Santa Cruz Cabrália, na região sul do estado. São mandados de prisão, busca e apreensão e condução coercitiva.

De acordo com a PF, os gestores — Claudia Oliveira (PSD), de Porto Seguro, José Robério Batista de Oliveira (PSD), de Eunápolis, e Agnelo Santos (PSD), de Santa Cruz Cabrália — utilizavam desde o ano de 2009 empresas de familiares para desviar dinheiro público, simulando licitações. Ainda segundo a PF, os contratos somam R$ 200 milhões. (Metro1)

Comentários da Notícia: