segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Preso na Papuda desde setembro deste ano, o ex ministro do presidente Michel Temer, Geddel Vieira Lima (PMDB-BA), recebe mensalmente o valor de R$ R$ 20.354,26. A pensão é referente ao tempo de serviço e de contribuição ao extinto Instituto de Previdência dos Congressistas (IPC) e ao Plano de Seguridade Social dos Congressistas.

Além dele, outro ex-ministro, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), também é agraciado com o pagamento, no valor de R$ 41.760,00. Os valores são desembolsados pela câmara, como forma de aposentadoria. As informações foram obtidas através da Lei de Acesso à Informação.

Geddel foi preso no dia 8 de setembro. No mesmo período, a Polícia Federal (PF) encontrou malas de dinheiro em apartamento de Salvador, que somavam R$ 51 milhões. A quantia foi atribuída ao ex-ministro, que ainda não deu mais explicações sobre o valor. Já Henrique Alves está preso desde junho, na Academia da Polícia Militar do RN. Segundo a câmara, os dois tem direito ao benefício. (Aratu on Line)

Comentários da Notícia: