quarta-feira, 8 de novembro de 2017


Não foi o atropelo prometido pelo presidente Agenor Gordilho, mas foi um triunfo com autoridade. Com bela atuação, o Vitória venceu o Palmeiras por 3 a 1, na noite desta quarta-feira (8), no Barradão.

Com dois gols de Yago e um de Tréllez, o Rubro-Negro deu fim ao jejum de três meses sem triunfos no seu estádio. Além de voltar a comemorar uma vitória em casa, o Leão encheu seus torcedores de esperança para a reta final da Série A.

Com 38 pontos, o time baiano saiu da zona de rebaixamento e subiu para a 16ª colocação, com dois pontos a mais que o Sport, primeiro do Z-4, com 36. Os comandados de Vagner Mancini agora terão mais uma difícil missão longe de Salvador, diante do Grêmio, no próximo domingo (12).

O JOGO

O Vitória começou bem a partida e abriu o placar logo aos cinco minutos. David fez grande jogada pelo meio e abriu com Patric, que cruzou na área. Tréllez deu uma ajeitadinha e Yago tocou no canto sem chances para Fernando Prass.

Já aos 14 minutos, o Rubro-Negro aumentou o placar. Após falha da zaga do Palmeiras, Tréllez avançou da intermediária, invadiu a grande área e tocou por baixo das pernas de Prass para fazer o segundo.

Mas, cinco minutos depois, o time paulista diminuiu. Kenu cruzou bola da esquerda, a defesa do Vitória cometeu a falha de sempre e o baixinho Dudu, na pequena área desviou de cabeça nas redes.

Um minuto depois, o Verdão quase empatou. Keno fez outra boa jogada e rolou para Erik chutar cruzado. Fernando Miguel salvou com a ponta dos dedos.

Porém, aos 39, o Leão marcou o terceiro. Zé Welison fez belo lançamento para David, que rolou para Fillipe Soutto chutar na entrada da área e acertar o zagueiro. No rebote, Yago dominou e fuzilou o canto direito de Prass para fazer seu segundo gol no jogo.

O Vitória voltou bem para o segundo tempo e quase aumentou o placar aos três minutos. Após cobrança de falta da direita, Tréllez desviou de cabeça e Fernando Prass fez grande defesa para evitar.

Porém, aos 17 minutos, o Vitória perdeu um jogador. Uillian Correia fez falta na entrada da área recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso de campo.

Mas, a expulsão não abalou o time baiano, que seguiu com a bela atuação que lhe trouxe de volta o triunfo em casa aos gritos da torcida de "o Barradão voltou". (BocãoNews)

Comentários da Notícia: