• Cresce número de baianos na malha fina; veja como resolver pendências

    Repórter: AmargosaNews.com
    Publicado: sábado, 16 de dezembro de 2017
    A- A+



    O número de baianos que ficaram retidos na malha fina da Receita Federal cresceu aproximadamente 4% este ano, em comparação ao mesmo período de 2016. Pelo menos 33.466 pessoas estão com a situação fiscal irregular junto ao órgão, que paga nesta sexta-feira (16) o sétimo e último lote de restituição do Imposto de Renda (IR). Ao serem pegos pelas garras do leão, os contribuintes têm as declarações retidas para verificação de pendências e virtuais correções dos erros.

    A Receita estima que, nos últimos anos, a taxa seja impulsionada no estado principalmente por inconsistências na declaração de despesas médicas e omissão de rendimentos. Ser notificado por eventuais irregularidades, no entanto, não deve ser motivo de desespero, aconselha Ricardo Machado, superintendente-adjunto da Receita Federal da 5ª Região. (Correio)

    Categorias:

    Economia
  • Comentários