Deputados baianos aprovam criação do ‘Dia Estadual do Orgulho Heterossexual’




“Pense num absurdo, na Bahia tem precedente”, dizia Otávio Mangabeira, governador do Estado entre 1947 e 1951. Pois hoje, décadas depois, olha só a notícia sai da Assembleia Legislativa da Bahia: a Comissão de Constituição e Justiça aprovou, ontem, o projeto de lei proposto pelo deputado estadual pastor Sargento Isidório (PSC) para instituir o ‘Dia Estadual do Orgulho Heterossexual. A data escolhida para comemorar foi o terceiro domingo de dezembro.

“Estamos na vigência da semana dessa data muito importante que visa entre outros fatos valorizar a preservação da espécie humana, acabando assim com qualquer tipo de discriminação contra os heterossexuais. Além de sublimar a livre manifestação das famílias, daqueles que respeitam as opções sexuais de quem quer que seja, mas querem deixar claro a sua opção e não irão se envergonhar dela: HOMEM + MULHER = FILHOS”, afirmou o deputado, através da sua assessoria de comunicação. O deputado – que afirma ser ex-gay – fez a proposição do projeto em 2015. Um detalhe dentro dessa argumentação do deputado: ser LGBTQ+ não é vergonha nenhuma.

A notícia soa como algo estranho, mas como diz – ironicamente – um amigo meu: ‘ser hetero deve ser tão difícil que eles realmente precisam de um dia para comemorar’. Resta saber se a data será igual a parada LGBT+ com trios de celebração. Qual será a trilha sonora? Quais serão as demandas? Respeito é fundamental, mas é importante lembrar aos heteros que respeito deve ser dos dois lados. Nenhum problema em ter um orgulho hetero. O que não pode é usar disso como ferramenta para atacar os LGBT. #FicaADica

(Correio)
Marcadores:
[facebook][blogger]

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.