Jogador de 20 ano do Avaí morre após complicações com tumor no cérebro



O jovem volante Renanzinho, do Avaí, faleceu na madrugada desta quinta-feira (21), em Florianópolis (SC). Ele teve complicações de um tumor no cérebro. O jogador, de 20 anos, estava afastado dos gramados desde o início de 2016 quando descobriu a doença. Parte do tumor foi retirado após cirurgia, mas ele teve problemas posteriores. O Avaí deu um suporte financeiro e disponibilizou 200 mil reais para a família do jogador comprar uma casa. Natural da cidade de Ariquemes, em Rondônia, Renan Martins Pereira chegou nas categorias de base do Leão da Ilha em 2013 e se destacou na Copa São Paulo de 2015. No mesmo ano, ele estreou no time profissional do clube na partida contra o Inter de Lages, no dia 4 de março, pelo Campeonato Catarinense. Ele disputou 31 jogos e marcou um gol. (BahiaNotícias)