Laudo aponta digitais do dedo mindinho de Geddel nos R$ 51 milhões




A Polícia Federal (PF) encontrou as digitais do dedo mindinho do ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB) em uma das notas dos R$ 51 milhões encontrados em um apartamento na capital baiana, em setembro deste ano.

Segundo reportagem exibida pelo Fantástico neste domingo (17), antes de começar a contagem do dinheiro, policiais verificaram as digitais presentes nas cédulas – já que, apesar da denúncia, ainda não havia prova que ligasse o dinheiro ao baiano.

O laudo da PF constatou a presença da digital do dedo mínimo de Geddel em uma embalagem plástica na qual estava armazenada a quantia de R$ 100 mil.

Também foram identificadas as digitais de Gustavo Ferraz, ex-diretor da Defesa Civil de Salvador, e de Job Ribeiro, ex-assessor do político. (Metro1)