Marido confessa que matou grávida por ciúmes em Serrinha




Um homem confessou na delegacia que matou a mulher grávida de nove meses por ciúmes. Adilson Prado Lima Júnior, 25 anos, suspeitava que o bebê que Daiane Reis Mota, 25 anos, esperava fosse de outra pessoa.

O assassino confesso foi preso por volta das 18h deste domingo, 17, em Serrinha (a 185 quilômetros de Salvador).

O corpo da gestante foi localizado por um grupo de ciclista na manhã de ontem no Povoado do Murici, também em Serrinha. A vítima tinha marca de tiro na nunca e estava com a barriga virada para baixo.

Daiane, que daria a luz nesta segunda, 18, foi dada como desaparecida na tarde deste sábado, 16. Ela trabalhava em uma farmácia e tinha um outro filho de um relacionamento anterior. As informações são do site Acorda Cidade. (Via ATarde)