• Rui critica ordem de reintegrar funcionários da Ebal: ‘Vou botar onde?’

    Repórter: AmargosaNews.com
    Publicado: sábado, 23 de dezembro de 2017
    A- A+
    O governador da Bahia, Rui Costa (PT), criticou a decisão da juíza Marylúcia Leonesy da Silveira, da 28ª Vara do Trabalho de Salvador, que condenou o Estado da Bahia a readmitir cerca de 1,7 mil empregados da Empresa Baiana de Alimentos (Ebal), cuja privatização foi anunciada ainda no começo de seu governo mas ainda não efetivada.

    “O Estado tem que ser dono de supermercado? Quem paga isso? Quando cheguei tinha duas mil e tantas pessoas no mercado ineficiente. Eu tirei do bolso dos mais pobres R$ 60 milhões para tapar buraco. Isso que o juiz quer quando me manda reintegrar duas mil pessoas? Vou botar essas pessoas em supermercado onde? Eu já fechei as lojas. Vou pôr a venda agora. Se não vender, eu vou fechar”, disparou, durante inauguração da Policlínica de Jequié, nesta sexta-feira (22).

    Rui não poupou críticas a decisões judiciais que tem recebido durante o mandato. “Eu fico me interrogando se um juiz acha que o governo tem um cofre abarrotado de dinheiro. Todo dia recebo decisão judicial. Fico me perguntando se eles não pensam que quem paga a conta são vocês. Prefiro gastar para construir banheiro sanitário”, completou. (Bahia.Ba)
  • Comentários