• Rui melhora índices nas pesquisas e ACM Neto acende alerta, apesar de liderar

    Repórter: AmargosaNews.com
    Publicado: sexta-feira, 1 de dezembro de 2017
    A- A+


    O Instituto Paraná Pesquisas divulgou, ao longo da semana, uma série de pesquisas sobre o cenário político da Bahia. Os números, superficialmente mais favoráveis ao prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), candidato não declarado ao governo da Bahia, mostram que o governador Rui Costa (PT) está em uma posição mais confortável com relação ao pleito do próximo ano. Sim, a liderança de ACM Neto não reflete o quão favorável foi o resultado do levantamento para Rui. A diferença entre ambos em um eventual confronto direto caiu de 30%, em junho, para cerca de 15%, em novembro. Lógico que a simulação de um virtual segundo turno entre eles ainda é um exercício de futurologia. Porém qualquer avaliação que tente cravar o resultado das urnas no próximo ano segue a mesma lógica. Tanto que esse número deveria ser praticamente descartado, apesar de alimentar a sanha da imprensa por pesquisas e dos próprios correligionários, que escolhem pontos de vista particulares para defender – ou reclamar – dos levantamentos. O que deve ser avaliado pelo grupo de ACM Neto é a ascensão da avaliação positiva de Rui, que tem uma administração bem avaliada por 65,7% dos baianos, enquanto em junho o percentual estava em 63 pontos. No mesmo período, o prefeito de Salvador viu a avaliação positiva cair 8,9%, ainda que mantenha índices mais altos. Eram 79,5% de aprovação em junho e agora são 70,8% em Salvador. ACM Neto, inclusive, diminuiu o índice de apoio entre os soteropolitanos que eventualmente sugeriam que ele deveria ser candidato ao governo em 2018. Em junho, 64,9% defendiam a renúncia e agora 57,2% apoiariam. Para completar as notícias pouco agradáveis para o prefeito de Salvador, os candidatos ao Senado que marchariam com Rui também estão liderando a corrida, de acordo com o Instituto Paraná Pesquisas. A menos de um ano da eleição, acreditar em pesquisas é quase o mesmo que crer que o Congresso Nacional está cheio de homens santos. Como não é o caso, realmente é questionável se os números delas mostram algum nível de realidade. Ainda assim, ACM Neto deve acender o alerta: Rui está vivo e será um desafio muito maior do que enfrentar Nelson Pelegrino ou Alice Portugal, os dois últimos adversários do prefeito de Salvador nas urnas. Este texto integra o comentário desta sexta-feira (1º) para a RBN Digital, veiculado às 7h e às 12h30, e para as rádios Irecê Líder FM e Clube FM. (BahiaNotícias)
  • Comentários