• Três morrem em confronto com a polícia no Nordeste após festa do tráfico

    Repórter: AmargosaNews.com
    Publicado: quarta-feira, 27 de dezembro de 2017
    A- A+



    Após a divulgação de imagens de uma festa organizada por chefes de facções criminosas em Salvador, três pessoas morreram em confronto com as forças policiais na região do Nordeste de Amaralina, na última segunda-feira (25). Nas redes sociais, as imagens mostram bandidos com armas apontadas para cima e em clima de confraternização de Natal.

    Por meio de nota, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) informou que o vídeo é analisado pela Superintendência de Inteligência com o objetivo de saber quando e onde foi gravado, quem cantava no palco, se a suposta festa tinha alguma autorização para acontecer, entre outros detalhes.

    Segundo a SSP, as três vítimas tinham ligação com o tráfico de drogas. Entre eles estava Claudemir Gomes Conceição, o "Mizinho", de 29 anos, apontado como braço direito de Val Bandeira, fundador e chefe de uma facção criminosa.

    A polícia foi acionada após denúncia anônima e foi recebida a tiros na localidade do Areal. Dois acusados de integrar o bando, ainda não identificados, foram atingidos, socorridos para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiram. Cerca de uma hora depois Mizinho deu entrada, também ferido por arma de fogo, na mesma unidade de saúde, mas também morreu.

    A SSP reforça que moradores que tiverem informações sobre o caso podem enviá-las pelo Disque Denúncia (3235-0000) ou 190, com total sigilo. (Metro1)

    Categorias:

    Polícia
  • Comentários