Após ser xingado em voo, Gilmar Mendes usa avião da FAB para viajar



Depois de ter sido hostilizado em um voo de carreira que ia de Brasília para Cuiabá no último sábado (27), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, utilizou um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) para viajar da capital mato-grossense até São Paulo, na tarde da última segunda-feira (29).

Apesar de o site da FAB divulgar que o ministro decolou às 13h05 de Cuiabá e aterrissou às 17h30 em Congonhas, não há registro do motivo que levou Gilmar, que também preside o TSE (Tribunal Superior Eleitoral), a usar uma aeronave oficial para o deslocamento.

Já os outros voos registrados na mesma data tinham justificativas como "residência" ou "serviço". Também no site, no espaço destinado à autoridade que utilizou o serviço da força aérea, aparece apenas como "à disposição do Ministério da Defesa Transporte do Presidente do TSE".

Ao jornal Folha de S. Paulo, a assessoria de imprensa de Gilmar afirmou que a solicitação foi feita à FAB por não haver voos de carreira disponíveis no trajeto para que ele cumprisse um compromisso no Tribunal Regional Eleitoral em São Paulo, marcado para o fim da tarde de segunda. A assessoria disse ainda que a demanda não foi feita, em momento algum, sob a justificativa de segurança.
Marcadores:
[facebook][blogger]

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.