• Defesa alega que mulher acusada de racismo sofre de transtorno mental

    Repórter: AmargosaNews.com
    Publicado: segunda-feira, 8 de janeiro de 2018
    A- A+
    Acusada de racismo, a dentista Heloisa Onaga Kawachiya foi solta, neste domingo (7), após a defesa alegar que a cliente sofre com transtorno mental.

    Heloisa foi detida, no último sábado (6), após ser acusada de ofender racialmente funcionários negros na delicatessen Bonjour, no bairro da Pituba, em Salvador.

    A dentista responderá o caso em liberdade. Na decisão, a juíza Luciana Amorim ressaltou que a mulher não poderá mudar de residência, sem autorização da Justiça, e deve comparecer todas as vezes que for intimada para atos do inquérito e da instrução criminal, sob pena de revogação da liberdade. (Bahia.Ba)
  • Comentários