Operação apreende celulares, facas, fumo e uísque na Cadeia Pública de Salvador




Os agentes penitenciários realizaram na última sexta-feira (5/1), uma operação de revista geral nas celas do raio 03 do anexo 01 da Cadeia Pública de Salvador (CPS), situada no Complexo da Mata Escura, em Salvador.

Durante a revista foram apreendidos 40 celulares 11 facas, um facão, dois baldes de pacaia (fumo) e uísque. A unidade atualmente abriga 1228 detentos e possui sete raios e um pavilhão denominado de anexo 3. De acordo com informações, a revista aconteceu apenas em 01 raio (raio 03 do anexo 1). Atuam na unidade 15 Agentes Penitenciários por plantão.

De acordo com a Sindicato dos Agentes Penitenciários do Estado da Bahia (Sinspeb), as revistas são feitas de forma constantes no sistema prisional, porém, é cada vez maior a apreensão de armas, drogas e celulares em poder dos detentos.

A falta de fiscalização em torno da unidade prisional facilita os arremessos dos materiais por cima da cerca que rodeia o presídio. A Sinspeb ainda ressalta que a Polícia Militar não consegue impedir a aproximação dos criminosos que acessam o complexo prisional pela mata.

“Não há qualquer barreira que separe os bairros vizinhos (Mata Escura, Sussuarana, Pau da Lima, São Marcos, Jardim Cajazeiras) das unidades do Complexo Prisional. Os constantes materiais ilícitos apreendidos, especialmente as armas, demonstram que os presos preparam-se para uma rebelião e episódios como os recentes ocorridos no Estado de Goiás podem ocorrer a qualquer momento”, afirma o Sindicato. (AratuOnline)
Marcadores:
[facebook][blogger]

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.