Usuários que aderirem à tarifa branca podem ter conta de luz mais barata



A conta de luz pode ficar mais barata para usuários que se dispuserem a diminuir o gasto de energia no horário de pico do consumo. Essa possibilidade existe porque, a partir desta segunda-feira (1º), entra em vigor a tarifa branca, que consiste em três preços: o de pico ou na ponta (mais caro), intermediário e fora da ponta (mais barato). Os interessados em aderir devem formalizar o pleito na distribuidora, no caso dos baianos, a Coelba. Segundo informações da Folha de S. Paulo, esses novos preços serão válidos para quem tem consumo médio mensal superior a 500 kW/H, o que abrange cerca de 4,5 milhões de unidades e 5% do mercado, de acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A Associação das Distribuidoras (Abradee) aponta que o consumo médio residencial no país é de 160 kW/h. De acordo com a publicação, o objetivo é ajustar a medida anualmente para que em 2020 a abrangência do desconto alcance a população que consome menos. (BahiaNotícias)