Suspeito de caça ilegal é devorado por leões na África do Sul




Um suspeito de caça ilegal foi morto por leões próximo da área do Parque Nacional de Kruger, na África do Sul, diz a polícia local.

Os animais deixaram pouco para trás, mas algumas parte de corpo humano foram encontradas durante o fim de semana em uma reserva de caça nas redondezas de Hoedspruit - que fica na província de Limpopo, no nordeste do país.

"Aparentemente a vítima estava caçando na reserva quando foi atacada e morta por leões", disse à AFP Moatshe Ngoepe, policial da província de Limpopo.

"Eles comeram seu corpo, quase tudo, e deixaram para trás a cabeça e algumas partes."

A polícia ainda não identificou a vítima, mas acredita que possa ser um caçador ilegal, que não tinha permissão para explorar a reserva. Um fuzil de caça carregado e munição foram encontrados próximo ao corpo, segundo o site sul-africano Eyewitness News.

A atividade de caça a leões tem crescido na província de Limpopo nos últimos anos. (TERRA)