Mercado Livre consegue liminar contra aumento no frete dos Correios




Uma liminar concedida hoje ao site Mercado Livre suspendeu temporariamente o reajuste no frete de encomendas enviadas pelos Correios.

A liminar, válida somente para a gigante do e-commerce, suspende os reajustes nos serviços de PAC e Sedex e também a taxa extra de R$ 3 para entregas no Rio de Janeiro.

A taxa em questão foi implantada pelos Correios por conta da violência na cidade, que "chegou a níveis extremos e o custo para entrega de mercadorias nessa localidade sofreu altíssimo impacto".

Segundo o site de vendas, uma encomenda de até 500 gramas enviada por PAC de São Paulo (SP) para Franca (SP) passaria de R$ 11,85 para R$ 12,79 (aumento de 7,93%), enquanto uma de Fortaleza (CE) para Joinville (SC) subiria 50,89%, de R$ 54,02 para R$ 81,51.