Movimento grevista atua de forma 'injustificada e ilegal', diz Correios



Após funcionários dos Correios anunciarem greve a partir desta segunda-feira (12), a empresa declarou que o movimento atua de forma "injustificada e ilegal". "Não houve descumprimento de qualquer cláusula do acordo coletivo de trabalho da categoria", declarou os Correios em nota. De acordo com a empresa, a greve está relacionada com a discussão de retirar do plano de saúde os pais, filhos e cônjuges dos funcionários. "O assunto foi discutido exaustivamente com as representações dos trabalhadores desde outubro de 2016, tanto no âmbito administrativo quanto em mediação pelo Tribunal Superior do Trabalho, que apresentou proposta aceita pelos Correios, mas recusada pelas representações dos trabalhadores. Após diversas tentativas de acordo sem sucesso, a empresa se viu obrigada a ingressar com pedido de julgamento no TST [Tribunal Superior do Trabalho]", disse o órgão. A despesa que os Correios têm com o plano de saúde dos trabalhadores representa, segundo a empresa, 10% do faturamento mensal, um custo de R$ 1,8 bilhão ao ano. (BN)
Marcadores:
[blogger]

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.