Trump sugere pena de morte para traficantes de drogas




O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, defendeu nesta segunda (19) a pena de morte para traficantes de drogas, a fim de combater a epidemia de opioides no país –que, no ano passado, matou 53 mil pessoas.

“Se não formos duros, estaremos perdendo nosso tempo”, afirmou Trump, em pronunciamento nesta segunda. “Essas pessoas matam milhares de pessoas todos os anos e, quando são pegas, ficam 30 dias na cadeia, ou saem depois de um ano, ou pagam multa. Temos que ser mais duros.”

O mandatário defendeu a medida apenas para grandes traficantes, ou “grandes impulsores” do tráfico de drogas. De acordo com a Casa Branca, a pena de morte será requisitada pelo Departamento de Justiça em casos específicos, com base em leis já existentes. Mas o presidente afirmou que o órgão também estuda a mudança de leis federais.

Os EUA vivem uma epidemia de analgésicos opiáceos, à base de morfina, para combater a dor. No ano passado, Trump declarou situação de emergência em saúde pública, e prometeu medidas para combater o mau uso desses medicamentos.

A sugestão da pena de morte segue o caminho de outros países, como as Filipinas, onde o presidente Rodrigo Duterte prometeu matar 100 mil traficantes de drogas –o que acabou causando uma escalada de assassinatos no país.

“Veja o que acontece em outros países. Eles têm tolerância zero. É pena de morte. Não brincam com isso”, discursou Trump. “Nós temos processos que duram dez anos, e eles [traficantes] são soltos ao final.”
Marcadores:
[facebook][blogger]

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.