Vazamento de comunicado interno causa constrangimento para o Facebook




Um comunicado interno do Facebook vazou para o público, causando constrangimento para a rede social. No documento é dito que tudo que se fez para a empresa crescer foi justificado e que isso seria uma "verdade inconveniente". O autor do texto diz que tudo não passou de apenas uma "provocação".

O executivo Andrew Bosworth escreveu o memorando em 18 de junho de 2016. O texto foi revelado pelo site Buzzfeed, que afirma que a declaração do executivo se aplicaria mesmo a situações em que pessoas poderiam morrer como resultado de bullying ou terrorismo.

"É um fato que nós conectamos mais pessoas. Isso pode ser ruim se usuários transformarem o conteúdo em algo com efeito negativo. Talvez custe uma vida ao expor alguém a bullying. Talvez alguém morra em um ataque terrorista coordenado com nossas ferramentas. E, ainda assim, nós seguimos conectando pessoas.", escreveu Bosworth.

Tanto ele quanto o presidente da companhia, Mark Zuckerberg, negaram de fato crer nisso, mas o vazamento pode minar os esforços do Facebook para conter outro escândalo.

O Facebook está sob intensa vigilância dos usuários da rede desde que admitiu ter recebido relatórios informando que uma consultoria política, a Cambridge Analytica, não havia destruído os dados coletados de cerca de 50 milhões de usuários há alguns anos. (Metro1)
Marcadores:
[blogger]

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.