Bahiafarma inicia fornecimento de insulina para o SUS em todo o País



Com um faturamento previsto de R$ 206 milhões somente este ano, a Bahiafarma, laboratório público do estado da Bahia, em parceria com a empresa ucraniana Indar, começa a fornecer esta semana insulina para atender ao Sistema Único de Saúde (SUS) em todo o País.

O contrato prevê o abastecimento de postos e demais unidades de saúde com 20 milhões de doses do hormônio essencial para o controle do diabetes: 650 mil doses já serão distribuídas até o final deste mês, passando a dois milhões de doses mensais a partir de maio.

O laboratório baiano fica, portanto, responsável pelo atendimento de 50% da demanda de insulina do Ministério da Saúde e passa a fornecer para o SUS as insulinas de maior uso: a Regular (R) e a de ação prolongada, NPH.

Os produtos, nesse primeiro momento, não serão produzidos na Bahia e, sim, pela empresa ucraniana Indar, que é referência internacional no setor, sendo parceira do governo baiano no projeto de desenvolvimento tecnológico e construção de uma fábrica de insulina, a ser instalada no município de Dias D’Ávila, na região metropolitana de Salvador. (ATarde)

Comentários