Chuva de estrelas cadentes será vista em todo o Brasil nesta semana



A primeira chuva de meteoros de grande intensidade no Brasil, as chamadas Lyrideas, está prevista para acontecer nos próximos dias. Entre 16 e 25 de abril, um grande número de estrelas cadentes estará visível no céu. O fenômeno poderá ser visto a olho nu na maior parte do país, principalmente nas regiões Norte e Nordeste.

Os meteoros são pequenos corpos celestes que, ao entrarem na atmosfera da Terra, entram em combustão parcial ou totalmente em razão do atrito com a atmosfera e o contato com o oxigênio. O fenômeno deixa um risco luminoso no céu, popularmente conhecido como "estrela cadente".
Leia também:

"As chuvas de meteoros acontecem quando um grande número destes corpos entra na atmosfera ao mesmo tempo, causando uma sequência de estrelas cadentes que podem ser visualizadas a olho nu e que podem durar vários dias", explica o pesquisador Fernando Roig, do ON (Observatório Nacional).

De acordo com ele, o fenômeno acontece quando a Terra atravessa a órbita de algum cometa, cheia de seus próprios fragmentos. São esses estilhaços que se transformam em meteoro. "Cada chuva ocorre com periodicidade anual, e existem diversas chuvas ao longo do ano vinculadas às órbitas de diferentes cometas conhecidos."

Nas Líridas, conhecidas como "estrelas de abril", o fluxo de entrada na atmosfera é de 10 a 20 meteoros por hora, quantidade que pode chegar a 100, ocasião em que se torna uma das 10 chuvas mais intensas do ano.

O fenômeno recebeu este nome (Lyrideas) porque a região do céu na qual a chuva parece chegar à Terra fica na constelação Lyra. Essas chuvas não representam riscos para a Terra e acontecem em praticamente todos os meses, algumas com mais intensidade e ampla visibilidade, como as Lyrideas.

"Não existe risco porque a maioria dos fragmentos é muito pequena e se esfarela na atmosfera antes de atingir o solo. Excepcionalmente, pode ser que algum fragmento caia no solo, mas trata-se de corpos muito pequenos cuja probabilidade de oferecer risco às pessoas é praticamente nula", garante Roig. Fonte: UOL.
Marcadores:
[facebook][blogger]

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.