Decisão do STF pode tirar Lula das mãos de Moro e também das do TRF-4




A decisão da Segunda Turma do STF que tirou das mãos de Sergio Moro os trechos da delação da Odebrecht que citam Lula (PT) tem implicações para o futuro do ex-presidente no curto e no médio prazo.

De acordo com a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, a decisão abre a oportunidade não só para que duas ações penais a que o petista responde perante o juiz de Curitiba migrem para a Justiça paulista, como também tira a apreciação de eventuais recursos nesses casos da alçada do TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região).

Ministros do Supremo que não atuam na Segunda Turma avaliam que a declaração de incompetência de Moro nas ações sobre o sítio de Atibaia e a compra de um terreno para o instituto Lula não é automática, mas agora certamente será discutida. (Metro1)

Comentários