Morre padre agredido a golpes de facão em Feira de Santana




Agredido a golpes de facão, o padre Carlos Vianey Oliveira, 63 anos, morreu na tarde desta sexta-feira (27), na cidade de Feira de Santana, a cerca de 100 km de Salvador. Ele estava na Unidade de Tratamento Intensivo do Hospital de Feira de Santana. O corpo dele será enterrado neste sábado no município de Tanquinho, onde nasceu.

O padre permanecia internado há mais de um mês, depois de ter sido agredido com golpes de facão na porta de casa. O suspeito de cometer o crime, Raimundo Marcos Vieira Bent. O criminoso, deve ser transferido do Complexo de Delegacias do Sobradinho à 2ª Delegacia Territorial (DT) do município, segundo a polícia.

Parentes do padre, no entanto, não acreditam que a morte tenha relação com os golpes de facão recebidos. “Foi algo inesperado. Ele vinha reagindo bem. Os exames estavam ótimos, já andava, ingeria líquido, não precisou mudar as medicações. Não acredito que tenha a ver com as agressões, mas os médicos ainda não têm explicação para o que aconteceu. Os médicos ainda tentaram reanimá-lo”, declarou a sobrinha do padre, Brenda Marval.

O crime
Padre Vianey estava na porta de casa, em São José de Itapororoca, no distrito de Maria Quitéria, na região de Feira, quando Raimundo Marcos Vieira Bento, 32, teria se aproximado. O acusado estava armado com um facão e teria aplicado os golpes de surpresa contra o religioso.

Vianey foi socorrido por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o hospital. Raimundo fugiu após do crime, mas foi preso algumas horas depois por policiais da 65ª Companhia Independente da PM (CIPM/Feira de Santana). (Correio)
Marcadores:

Postar um comentário

[blogger]

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.