Professores paralisam atividades e aulas são suspensas em universidades baianas


Três universidades estaduais da Bahia estão com atividades suspensas hoje (25), após protesto de professores por pautas trabalhistas. Com isso, mais de 20 mil estudantes ficaram sem aulas em Salvador e em outras 27 cidades.

A paralisação ocorre na Uneb, Uesc e Uesb. As assessorias das instituições e a Associação dos Docentes da Uneb confirmaram a manifestação, que foi definida após assembleia-geral do dia 10 de abril.

Apenas a Uefs funciona normalmente nesta quarta. De acordo com a Aduneb, a assembleia não pode ser realizada por falta de quórum. No entanto, os professores apoiam a paralisação.

Entre as reivindicações estão a reparação de uma perda salarial nos últimos 20 anos, promoções negadas, progressão e alteração de regime de trabalho, e déficit de profissionais. (Metro1)

Comentários