STF decide hoje se mantém prisão domiciliar de Maluf


O plenário do Supremo Tribunal Federal define hoje (18) se irá manter a prisão domiciliar do deputado federal afastado Paulo Maluf (PP).

De acordo com o G1, o pepista foi condenado em maio do ano passado pelo STF por lavagem de dinheiro e teve um primeiro recurso rejeitado em outubro pela Primeira Turma da Corte.

Em dezembro, o ministro Edson Fachin, relator do processo, rejeitou um segundo recurso contra a condenação e mandou executar a pena de 7 anos, 9 meses e 10 dias de prisão.

O parlamentar começou a cumprir pena no Presídio da Papuda, em Brasília, mas, no último dia 5 de abril, obteve uma decisão liminar (provisória) que o permitiu ficar em casa, em razão do estado grave de saúde, segundo os advogados.

Ele chegou a ser internado na madrugada anterior e, depois da decisão, foi para a residência dele, em São Paulo.
Marcadores:
[facebook][blogger]

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.