Caminhoneiros protestam contra alta do diesel e bloqueiam rodovias baianas




Caminhoneiros fecharam trechos das BRs 324 e 116 desde a madrugada desta segunda-feira, 21. O protesto faz parte de um movimento nacional contra os aumentos do preço do diesel.
A manifestação na BR-324 acontece no km 531, em Feira de Santana (a 109 km de Salvador). O fluxo está totalmente fechado no sentido de quem segue para Salvador e parcialmente na direção contrária. Para quem vai para o interior da Bahia, apenas a faixa da direita está bloqueada, causando congestionamento de três quilômetros, de acordo com a Viabahia, concessionária que administra a rodovia.
Caminhoneiros também fecharam a BR-116, no km 521 em Itatim, no km 814 em Vitória da Conquista e no km 672 em Jequié, os três municípios no sudoeste da Bahia.
O diretor do Sindicato dos Caminhoneiros, Luciano Oliveira, disse que os trabalhadores baianos aderiram ao movimento convocado pela Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam). "Todo dia está aumentando o preço do óleo diesel. Aumenta o dólar, aumenta o barril de petróleo e depois o óleo diesel. O protesto também é contra os preços cobrados nos pedágios, que é abusivo", explica.
Além da manifestação nas rodovias, os caminhoneiros baianos também estão mobilizados desde o último dia 12 de maio pedindo reposição no preço do frete pago pelas empresas que atuam no Porto de Salvador.
"Eles pagam R$ 600 de frete, mas com os sucessivos aumentos de óleo gastamos R$ 380 de combustível, ou seja, mais de 50% do frete. Só que não é só isso, também temos que fazer manutenção no caminhão e pagar a documentação", reclama Luciano. (ATarde)
Marcadores: ,

Postar um comentário

[facebook][blogger]

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.