Sob a desconfiança do centrão, Meirelles prepara discurso fundado na economia




Sob forte desconfiança de siglas que sustentam o governo, Henrique Meirelles fechou o discurso que fará no evento do MDB hoje (22), quando assumirá, segundo a Folha de S. Paulo, o posto de presidenciável.

O emedebista diz ter um plano para o aumento da produtividade que, alinhado a um conjunto de reformas, faria a projeção do crescimento médio dos próximos anos saltar de 2% para 4%.

Se o eleitor vai compreender a fala, ele opina: “a melhor política social que existe é a geração de emprego. Isso todo mundo entende”. (Folha)

Comentários